Histórias de crianças refugiadas viram livros infantis

 

Ele tem só 130 palavras, mas conta a história! Parte do projeto desenvolvido pelo Instituto Adus, em parceria com Estante Mágica e Alphagraphics, o livro “A princesa Valentina” é uma das 22 obras da coleção de livros infantis desenvolvido pelas crianças que estão refugiadas na cidade de São Paulo.

Em novembro de 2017, algumas dessas crianças foram convidadas para participarem de oficinas das quais puderam falar sobre seus sonhos. Eles puderam escrever histórias, fazer ilustrações e em seguida viram tudo isso virar um livro. O próximo passo agora é fazer a produção desses exemplares e colocá-los a venda para o público em geral, assim as famílias das crianças conseguem gerar uma renda.

Mudança

A história da “A princesa Valentina”, foi escrita por Valentina que está no Brasil desde 2014. Ela mora com os pais e uma irmã mais nova. A família fugiu da Colômbia depois que o pai foi sequestrado pela Farcs.

A história contada por Valentina mistura eventos reais e sonhos, como a viagem de férias para o Rio de Janeiro e a vontade de se formar em medicina.

Para o pai de Valentina, Cristiano, participar desse projeto ajudou na integração das filhas. Em uma entrevista para o G1, ele contou que a filha começou a ler e já quer escrever, desenhar e fazer outras coisas.

Valentina já está no segundo ano do ensino fundamental e a família deve ficar no Brasil por enquanto até a violência na Colômbia melhorar.

 

*Crédito foto: Marcelo Brandt/G1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: